quinta-feira, 30 de junho de 2016

GRAVE ACIDENTE COM ÔNIBUS DA 1002 NA PE-90 PRÓXIMO AOS COQUEIROS DE MARINHO

Aconteceu na tarde desta quinta-feira, (30), um grave acidente entre um ônibus da 1002 e uma moto, nas imediações dos coqueiros do Senhor Marinho, na PE-90. 

O veículo faz a linha - Umburetema/Recife

As primeiras informações, são que o motociclista sofreu várias fraturas e veio a óbito no local.

Fotos: Enio de Andrade

AGUARDEM MAIS INFORMAÇÕES...

ATENÇÃO DIRIGENTES! COMEÇOU AS INSCRIÇÕES PARA O CAMPEONATO OROBOENSE DE FUTEBOL

Estão abertas as inscrições para o campeonato oroboense de futebol de campo.
Os dirigentes já podem procurar a diretoria de esportes para inscrever sua equipe, 

Informações: (81) 9.9865-1986 - 9.9978-9642

PREFEITO CHAPARRAL CONVIDA A POPULAÇÃO OROBOENSE PARA A ENTREGA DE MAIS UMA IMPORTANTE OBRA, DESTA VEZ, O NOVO PRÉDIO DA ESCOLA SEVERINO ANDRÉ DE LUNA, EM UMBURETAMA


O prefeito de Orobó, Cléber Chaparral convida a população oroboense para participar da entrega de mais importante obra, desta vez, o Novo Prédio da Escola Municipal, Severino André de Luna, na Vila Umburetama a partir das 15h.

DEPUTADO ESTADUAL JOAQUIM LIRA CRIA LEI DA OBRIGATORIEDADE DO TESTE DA LINGUINHA EM PERNAMBUCO

Foto/Edinho Soares
Agora é Lei. Criada pelo deputado estadual Joaquim Lira (PSD), a Lei 15.852 de 27 de junho de 2016, dispõe sobre a obrigatoriedade da avaliação do Frênulo da Língua (Teste da Linguinha), logo após o nascimento da criança, nas maternidades e hospitais da rede pública e privada do Estado de Pernambuco. No caso em que a criança ter nascido fora das maternidades, a obrigatoriedade  permanece no máximo de até um mês de vida do bebês. A Lei foi publicada no Diário Oficial do Estado, na última terça-feira (28).

A realização do teste da linguinha é de extrema importância para o desenvolvimento da criança, pois através desse exame poderá se detectar eventuais problemas de fala, como a "língua presa. O exame consiste em verificar se existe alteração no frênulo (conhecido como freio), que é a membrana que liga a parte inferior da língua ao assoalho (ou a base, como preferir) da boca.

Caso seja detectada a "língua presa", um pequeno corte na membrana é realizado. Quanto mais tarde for detectada a língua presa, mais complicada fica a recuperação (principalmente quando já é adulto), pois a pessoa já sofreu enormes prejuízos no desenvolvimento da fala ao longo dos anos, além de o corpo já ter se formado.

Amamentação pode ser prejudicada - É comum mamães se acharem culpadas quando a amamentação não acontece adequadamente. Mas muitas delas não sabem que as vezes o problema está na má formação da língua do bebê, e a anomalia passa batida. Mais um motivo para a necessidade do teste.

A língua do bebê faz um trabalho de sucção e deglutição para tirar o leite do peito da mãe. E esse processo pode ser dificultado caso o pequeno tenha língua presa. O exame é simples e rápido. Enquanto o bebê está mamando, o fonoaudiólogo ou outro profissional de saúde capacitado faz a avaliação anatômica e da força de sucção, além de análise dos batimentos cardíacos, da respiração e da saturação do oxigênio.

Este é o quarto projeto da autoria de Joaquim Lira que vira lei no Estado, outros quatro estão em comissões de análise. (Saiba todos na seção PROJETOS DE LEI).

Veja a publicação no Diário Oficial:

POPULAÇÃO OROBOENSE SE ALEGRA COM MAIS UMA OBRA, AGORA FOI ENTREGUE O MODERNO POSTO DE SAÚDE DA RUA DO HOSPITAL - VEJA AS IMAGENS